• Restauração Classe IV - A simples forma de se alcançar a excelência

    Restauração Classe IV  - A simples forma de se alcançar a excelência

    Postado por: EuAmoOdonto
    Categoria: Mercado

    Autor: Alexandre Tateyama
    Cirurgião Dentista e Técnico em Prótese
    Professor Esthetic Group
    Consultor Técnico científico Heraeus Kulzer

    Por mais simples que uma restauração seja, cada caso requer um planejamento elaborado para obtermos resultados estéticos satisfatórios e duradouros.

    O desenvolvimento de restaurações estratificadas não é uma novidade na Odontologia. Atualmente com a evolução dos compósitos  essa tarefa se tornou muito mais fácil e gratificante de se realizar.

    O caso exposto foi realizado por meio de uma guia de silicone confeccionada através das restauração insatisfatória , pois, a mesma apresentava efeitos ópticos não compativeis com a naturalidade dos dentes.

    Após a remoção da restauração precisamos nos atentar em alguns detalhes:

    • - cor da dentina remanescente ;
    • - linha da fratura classe IV;
    • - angulação do bisel;
    • - cor do esmalte.

    Dessa forma, podemos criar um esquema de estratificação dos efeitos estéticos das resinas , mimetizando a cor e os contornos anatômicos do dente em questão.

    Para se realizar uma classe IV invisível necessitamos de uma boa técnica, bons materiais e principalmente muito treino.

    Clique aqui para garantir os materiais utilizados no caso clínico.

    • Paciente do sexo feminino, jovem, apresenta uma restauração insatisfatória no elemento 11, podemos notar a falta de naturalidade em comparação aos elementos vizinhos. Apesar das deficiências devemos valorizar o trabalho que foi realizado há muitos anos e talvez com poucos recursos.

      Paciente do sexo feminino, jovem, apresenta uma restauração insatisfatória no elemento 11, podemos notar a falta de naturalidade em comparação aos elementos vizinhos. Apesar das deficiências devemos valorizar o trabalho que foi realizado há muitos anos e talvez com poucos recursos.

    • Aproveitamos o formato satisfatório para criar uma barreira de silicone para auxiliar no posicionamento das massas de estratificação. Foi realizada a remoção da antiga restauração e confecção de um duplo bisel para o mascaramento da interface.

      Aproveitamos o formato satisfatório para criar uma barreira de silicone para auxiliar no posicionamento das massas de estratificação. Foi realizada a remoção da antiga restauração e confecção de um duplo bisel para o mascaramento da interface.

    • Previamente utilizamos o adesivo da própria marca, o Gluma 2 Bond. Iniciamos a restauração com a resina BLX para dentes clareados, no intuito de mascararmos o fundo escuro e aos mesmo tempo mimetizar a dentina clareada na região do bisel.

      Previamente utilizamos o adesivo da própria marca, o Gluma 2 Bond. Iniciamos a restauração com a resina BLX para dentes clareados, no intuito de mascararmos o fundo escuro e aos mesmo tempo mimetizar a dentina clareada na região do bisel.

    • Desenho esquemático para visualização dos mamelos e o limite da resina BLX no bisel.

      Desenho esquemático para visualização dos mamelos e o limite da resina BLX no bisel.

    • Elegemos a resina Charisma Diamond ( Heraeus Kulzer) para a confecção da restauração.

      Elegemos a resina Charisma Diamond ( Heraeus Kulzer) para a confecção da restauração.

    • Após a definição da dentina, seguimos com a aplicação do esmalte, representado pela resina CL (Clear), com esta fazemos todo recobrimento final e os detalhes anatômicos do dente.

      Após a definição da dentina, seguimos com a aplicação do esmalte, representado pela resina CL (Clear), com esta fazemos todo recobrimento final e os detalhes anatômicos do dente.

    • Iniciamos o acabamento com pontas diamantadas FF determinando as arestas proximais, área de reflexão de luz e por fim os sulcos de desenvolvimento. Com borrachas abrasivas desenvolvemos o pré polimento e a textura superficial. O polimento é realizado com discos de lixas de granulação fina e escova de carbeto de silício.

      Iniciamos o acabamento com pontas diamantadas FF determinando as arestas proximais, área de reflexão de luz e por fim os sulcos de desenvolvimento. Com borrachas abrasivas desenvolvemos o pré polimento e a textura superficial. O polimento é realizado com discos de lixas de granulação fina e escova de carbeto de silício.

    • O caso clinico apresentado demonstra a realidade do dia a dia clinico onde com apenas dois tipos de resinas ( BLX e CL) podemos realizar restaurações estéticas com excelência e simplicidade.

      O caso clinico apresentado demonstra a realidade do dia a dia clinico onde com apenas dois tipos de resinas ( BLX e CL) podemos realizar restaurações estéticas com excelência e simplicidade.

    Paciente do sexo feminino, jovem, apresenta uma restauração insatisfatória no elemento 11, podemos notar a falta de naturalidade em comparação aos elementos vizinhos. Apesar das deficiências devemos valorizar o trabalho que foi realizado há muitos anos e talvez com poucos recursos.
    Aproveitamos o formato satisfatório para criar uma barreira de silicone para auxiliar no posicionamento das massas de estratificação. Foi realizada a remoção da antiga restauração e confecção de um duplo bisel para o mascaramento da interface.
    Previamente utilizamos o adesivo da própria marca, o Gluma 2 Bond. Iniciamos a restauração com a resina BLX para dentes clareados, no intuito de mascararmos o fundo escuro e aos mesmo tempo mimetizar a dentina clareada na região do bisel.
    Desenho esquemático para visualização dos mamelos e o limite da resina BLX no bisel.
    Elegemos a resina Charisma Diamond ( Heraeus Kulzer) para a confecção da restauração.
    Após a definição da dentina, seguimos com a aplicação do esmalte, representado pela resina CL (Clear), com esta fazemos todo recobrimento final e os detalhes anatômicos do dente.
    Iniciamos o acabamento com pontas diamantadas FF determinando as arestas proximais, área de reflexão de luz e por fim os sulcos de desenvolvimento. Com borrachas abrasivas desenvolvemos o pré polimento e a textura superficial. O polimento é realizado com discos de lixas de granulação fina e escova de carbeto de silício.
    O caso clinico apresentado demonstra a realidade do dia a dia clinico onde com apenas dois tipos de resinas ( BLX e CL) podemos realizar restaurações estéticas com excelência e simplicidade.

    Deixe seu comentário