• Gogran lança seringa com design diferenciado e antirreflexo

    Gogran lança seringa com design diferenciado e antirreflexo

    Postado por: EuAmoOdonto
    Categoria: Mercado

    Uma linha de seringas, com ampla tecnologia e padrões de auto performance, chama atenção de profissionais da odontologia. O produto, denominado Seringa de Carpule Black, é utilizado em cirurgias e procedimentos rotineiros, oferecendo mais conforto na aplicação de anestesia em comparação com outros materiais similares no mercado, além de evitar o reflexo em sua utilização. “O Brasil é o País com maior número de profissionais que atuam no segmento. Neste contexto, é essencial que empresas e indústrias, que fornecem materiais para esses profissionais, façam análises e pesquisas para atenderem principalmente a qualidade e segurança dos pacientes, assimiladas a tecnologias na fabricação destes materiais”, analisa o presidente da Indústria de Instrumentos Cirúrgicos e Odontológicos Golgran, Orlandinho Golfetto.

    Segundo uma pesquisa divulgada pela BBC Brasil, em parceria com a agência britânica e americana, o País tem cerca de 240 mil dentistas, o que equivale a 15% dos profissionais do mundo. A pesquisa também destaca que 55% dos Cirurgiões Dentistas no Brasil têm  menos de  40 anos de idade.

    Para a gerente comercial da Golgran, Priscila Golfetto, entre os pontos positivos desse grande número de profissionais, no cenário nacional, está a preocupação na busca de conteúdo e novas tecnologias em instrumentos para proporcionar um atendimento sempre com a melhor qualidade  e conforto. “Além da preocupação de harmonização do ambiente, os dentistas estão preocupados com a tecnologia dos materiais e itens utilizados em seu dia a dia, e a Golgran trabalha em cima disso para desenvolver novos produtos.”

    Sobre a Golgran

    Fundada em 1975, em São Paulo, a Golgran atua no fornecimento de instrumentos cirúrgicos, médicos e odontológicos, com qualidade e padrões internacionais. Sua logística e área de expansão atingem todo o território nacional.

    Deixe seu comentário