• Facetas pré-fabricadas em resina composta uma realidade clínica: relato de caso clínico

    Facetas pré-fabricadas em resina composta uma realidade clínica: relato de caso clínico

    Postado por: EuAmoOdonto
    Categoria: Mercado

    Autores: Prof Dr Adriano Augusto Melo de Mendonça - Dentística UFS
    Prof Dr Daniel Maranha da Rocha – Dentística UFS

    Introdução

    A odontologia vem passando por diferentes quebras de paradigmas e modificações em alguns de seus conceitos nos últimos anos. O interesse por tratamentos minimamente invasivos e com resultados de excelência estética e funcional fazem parte, hoje em dia, da rotina dos consultórios e clínicas odontológicas.

    A busca pela excelência no reestabelecimento da estética do sorriso vem levando, tanto a indústria de materiais odontológicos quanto os profissionais a se aperfeiçoarem e desenvolverem técnicas e tecnologias com a finalidade de atender às necessidade de seus pacientes por restaurações imperceptíveis em um sorriso belo e harmônico. Reabilitações estéticas bem sucedidas são capazes de elevar a autoestima e promover melhoras significativas na qualidade de vida dos pacientes.

    Para que o sucesso restaurador seja alcançado, em áreas de alto apelo estético, é de fundamental importância que o conhecimento técnico das proporções e dos referenciais estéticos esteja aliado ao conhecimento dos desejos e necessidades do paciente.

    Uma vez que a demanda por estética seja o fator motivador da busca do paciente por tratamento, cabe ao profissional conhecer os mais diferentes recursos técnicos e tecnológicos além de possuir o mais amplo conhecimento científico para lidar com a complexidade dos procedimentos envolvidos no restabelecimento da função e da aparência estética natural.

    Diante desse novo cenário, no qual imperam os conceitos de adesão e mínima invasão, um tratamento que apresenta destaque é a realização de facetas diretas ou indiretas, confeccionadas com materiais resinosos ou sistemas cerâmicos.

    Apesar de se apresentarem, em muitas vezes, como primeira opção no momento de uma reabilitação estética anterior, os materiais cerâmicos apresentam algumas desvantagens a serem consideradas, como o seu custo mais elevado em relação as resinas compostas e o número de sessões necessárias até o resultado final.

    Além disso as cerâmicas apresentam características que são inerentes ao material tais como friabilidade, baixa tenacidade à fratura, baixa resistência à tração e à flexão, e o aumento do desgaste no arco antagonista, que têm sido descritas como limitações do material.

    A indicação das resinas compostas para esse fim é mais recente e está intrinsecamente ligada à evolução desses materiais, com o incremento nas suas propriedades possibilitando superfícies mais lisas, que apresentam dureza e resistência à abrasão desejáveis.

    Uma alternativa recentemente presente no mercado, são facetas pré-fabricadas em resina composta, como as do sistema Componeer (Coltene Whaledent - Altstätten,Switzerland), que consistem em facetas ultrafinas (0,3mm na região cervical e entre 0,6 a 1,0 mm na sua borda incisal) confeccionadas com resina composta pré-polimerizada (Brilliant NG – Coltène).

    Para a cimentação dessas facetas é recomendada a utilização da mesma resina composta da qual a faceta é fabricada, propiciando a restauração a formação de um monobloco.

    Dentre as vantagens desse sistema podem-se citar a diminuição da quantidade de sessões clínicas, sem necessidade de moldagens de trabalho e etapas laboratoriais; por serem confeccionadas em resina composta apresentam a facilidade de individualização tanto em termos de cor quanto forma e; apresentam custo mais baixo em relação aos sistemas indiretos.

    Esse artigo tem como objetivo apresentar a utilização de facetas pré-fabricadas do sistema Componeer na resolução de um caso clínico como alternativa em uma reabilitação estética anterior.

    Relato do Caso

    Paciente M.B., 32 anos de idade compareceu à Clínica de Dentística Restauradora do Departamento de Odontologia com a queixa de “dentes pequenos e espaços entre eles”. Com base na colocação do paciente, a equipe clínica optou por realizar cuidadosa anamnese do paciente bem como moldagem das arcadas superior e inferior com alginato (Chromaprint Premium – Coltène) . Além disto, registro fotográfico de ambas arcadas bem como da face do paciente foi feito com o objetivo de facilitar a análise do caso.

    Para o fechamento dos diastemas foi optado realizar a confecção de facetas em resina composta. Todavia, em função da praticidade e inovação do mercado, facetas pré-fabricadas em resina foram selecionadas com o objetivo de se alcançar uma melhor estética no resultado final.

    Para a seleção do formato das facetas em resina pré-fabricadas, são fornecidas pelo fabricante 6 Guias de Contorno ( Maxila tamanho P, M, L e XL ) + ( Mandíbula tamanho P e M ). As guias foram posicionadas sobre os dentes do paciente e analisados o tamanho e forma. Para perfeita adaptação da faceta ao substrato foi observado a necessidade de aumento de coroa clínica por meio de procedimento cirúrgico periodontal e acréscimo de resina composta na face incisal de cada elemento.

    Com todos os dados em mãos, foi observado a necessidade de aumento de coroa clínica, fazendo a abordagem por meio de cirurgia periodontal. Como conduta inicial, a cirurgia periodontal dos dentes 23, 22, 21, 11, 12 e 13 foi realizada.

    Decorrido o período de 30 dias, os procedimentos restauradores foram iniciados.

    As bordas incisais dos dentes 23 ao 13 foram aumentadas com resina composta Brilliant na cor A2/B2. Para isto o substrato de esmalte foi levemente desgastado com ponta diamantada 2135 e 3118 de granulação normal, tanto na face vestibular quanto lingual. O esmalte foi preparado com a aplicação de ácido fosfórico (Magic Acid 37% - Coltène) por 30 segundos e condicionador removido com água/ar. Com o substrato seco, o sistema adesivo (One Coat Bond SL - Coltène) foi aplicado sobre a superfície e fotoativado pelo tempo de 20s. A resina composta foi aplicada e acomodada com espátula apropriada e contornada com tira de poliéster. Os excessos de resina foram removidos com pontas diamantadas de granulação fina 2135 F e disco de lixa de maior granulação (Soflex Pop-on – 3M ESPE). O paciente permaneceu com os bordos incisais em novo tamanho pelo periodo de 21 dias com o objetivo de avaliar a harmonia e fonação. Durante este periodo, pequenos ajustes oclusais, de tamanho e forma foram realizados.

    A seleção de cor se deu com a utilização do guia de cores, no qual estão presentes duas cores de facetas para esmalte (WO e translucida) e resinas nas cores A1/B1, A2/B2, WO e translúcida para cimentação das facetas pré-fabricadas ao substrato dental. As cores escolhidas foram A2/B2 para dentina e facetas na coloração translúcida.

    Para os procedimentos de adaptação das facetas pré-frabricadas, pequenos desgaste na face vestibular, com finalidade de remoção de retenções, foram realizados nas faces vestibulares dos dentes 23 ao 13. Em seguidas, as facetas foram novamente verificadas para prosseguir com os procedimentos adesivos. Os substratos foram preparados com ácido fosfórico a 37% (Magic Acid 37% - Coltène), pelo tempo de 30s, seguido de sua remoção com jatos de água. Todo o substato foi seco para aplicação do sistema adesivo (One Coat Bond SL - Coltène) com pontas aplicadoras descartáveis. Após leve jato de ar para evaporação do solvente, o sistema adesivo foi fotoativado segundo recomendação do fabricante (10s). Para cada faceta, pequeno incremento de resina composta foi espalhado por todo o substrato e a faceta posicionada e prensada contra o material restaurador. Os excessos foram removidos com espátulas de pequena espessura e, o conjunto, foto ativado pelo tempo de 40s. Ao final, os excessos de adesivos foram removidos com lâmina de bisturi no 12 e paciente liberado para posterior avaliação de todo o conjunto.

    Após 7 dias, pequenos ajustes de tamanho, forma e abertura de ameias incisais foram realizados com discos de granulação grossa e fina seguido de polimento com borrachas abrasivas (ONESTEP – Coltène).

    Agradecimentos

    Ao Prof Dr Guilherme de Oliveira Macedo pela realização dos procedimentos cirúrgicos periodontais.
    À Coltène, na pessoa da sua divulgadora Cinthia Dantas, pela doação dos materiais para a realização do caso clínico.

    Referências

    1. Pagani C, Rocha DM, Saavedra GSFA, Carvalho RF. Previsibilidade e Estética: A utilização do ensaio restaurador (Mock-up) na construção da beleza do sorriso In: Especialidade em foco: beleza do sorriso. Coord. Callegari A e Dias RB. Ed. Napoleão 2013, 1ª Ed.
    2. Davis LG, Ashworth PD, Spriggs LS. Psychological effects of aesthetic dental treatment. J Dent. 1998;26:547–554.
    3. Wolfart S, Quaas AC, Freitag S, Kropp P, Gerber WD, Kern M. Subjective and objective perception of upper incisors. J Oral Rehab. 2006; 33: 489–495. 11.
    4. Magne P, Magne M. Use starting shut down administrations and testing for preserving intraoral enamel with facets porcelain rolled. Int J Braz Dent 3(1): 24-31 2007.
    5. Mangani F, Cerutti A, Putignano A, Bollero R, Madini L. Clinical approach to anterior adhesive restorations using resin composite veneers. Eur J Esthet Dent. 2007 Summer;2 (2):188-209. Review.
    6. Conrad HJ, Seong WJ, Pesun IJ. Current ceramic materials and systems with clinical recommendations: A systematic review. J Prosthet Dent 2007; 98: 389–404.
    7. Gomes G, Perdigão J. Prefabricated composite resin veneers: a clinical review. J Esthet Restor Dent. 2014 Sep-Oct;26(5):302-13.

    • 1.jpg
    • 2.jpg
    • 3.jpg
    • 4.jpg
    • 5.jpg
    • 6.jpg
    • 7.jpg
    • 8.jpg
    • 9.jpg
    • 10.jpg
    • 11.jpg
    • 12.jpg
    • 13.jpg
    • 14.jpg
    • 15.jpg
    • 16.jpg
    • 17.jpg
    • 18.jpg
    • 19.jpg
    • 20.jpg
    • 21.jpg
    • 22.jpg
    • 23.jpg
    • 24.jpg
    • 25.jpg
    • 26.jpg
    • 27.jpg
    • 28.jpg
    • 29.jpg
    • 30.jpg
    1.jpg
    2.jpg
    3.jpg
    4.jpg
    5.jpg
    6.jpg
    7.jpg
    8.jpg
    9.jpg
    10.jpg
    11.jpg
    12.jpg
    13.jpg
    14.jpg
    15.jpg
    16.jpg
    17.jpg
    18.jpg
    19.jpg
    20.jpg
    21.jpg
    22.jpg
    23.jpg
    24.jpg
    25.jpg
    26.jpg
    27.jpg
    28.jpg
    29.jpg
    30.jpg

    Deixe seu comentário