• Escaneamento Intraoral para a Ortodontia

    Escaneamento Intraoral para a Ortodontia

    Postado por: Dra. Thalita Varela Galassi
    Categoria: Mercado

    É fato que a era digital chegou em nossa odontologia. Percebemos com essa evolução, uma convergência de todas as informações do paciente para um único ambiente: o digital.

    Para escrever esta matéria, me inspirei na experiência que tive no lançamento do TRIOS da 3Shape pela Dental Speed Graph.  

    O escaneamento intraoral é um sistema apaixonante, porque condiz com nossa realidade: prático, fácil de manipular e rápido. Em 5 minutos registramos os arcos, dentes e tecidos adjacentes e registramos a oclusão, com precisão. Dispensa o uso de materiais para a moldagem, não há a necessidade de repetições. No caso do TRIOS, não há a necessidade de pó (spray) e os escaneamentos são também em cores. Além disso, a precisão é superior as moldagens tradicionais.

    Tudo começou com a popularização da tomografia computadorizada cone-beam. Com essa tecnologia, foi possível o acesso a reconstruções tridimensionais das estruturas faciais, como pele, ossos, vias aéreas, etc. Entretanto, para se conseguir uma adequada resolução oclusal, foi preciso aperfeiçoar a tecnologia, e através da digitalização dos modelos de gesso e, mais recentemente, pelo escaneamento intraoral, associados a plataformas de software que recebem e tratam estas imagens tridimensionais, hoje podemos diagnosticar com precisão nossos pacientes.

    Na Odontologia, a prototipagem, por exemplo, tem indicação para a confecção de guias cirúrgicos, para a impressão 3D de modelos que servirão de base para alinhadores ortodônticos, para a impressão de estruturas anatômicas, geralmente ósseas, no caso de cirurgias craniomaxilofaciais, por exemplo e etc. As especialidades que mais utilizam esta tecnologia são a Ortodontia, a Implantodontia e a Cirurgia.

    Para a Ortodontia, a moldagem digital é um divisor de águas. Começando pela eliminação do espaço físico de armazenamento dos modelos, o software para Ortodontia da 3Shape permite planejar, simular e gerenciar o atendimento ao paciente, assim como criar aparelhos ortodônticos (alinhadores) utilizando o sistema CAD, além disso você ainda pode demonstrar ao paciente na tela do computador como será seu tratamento e qual será o resultado final - enquanto ele ainda está na cadeira, 3D e colorido. Para a questão laboratorial também temos vantagens, pois o envio dos modelos é instantâneo através de arquivos por e-mail, e a produção dos matérias como já descrito acima, o laboratório tendo esses equipamentos de impressão e fresa, o serviço será rápido e muito preciso.

    Dentro dessa tendência, a Align Technology, fabricante dos alinhadores Invisalign, é pioneira no uso da tecnologia 3D na Ortodontia. Sobre o modelo virtual, a Align faz uma simulação do tratamento (setup de ClinCheck), baseada no plano de tratamento fornecido pelo ortodontista que apresenta todo um papel fundamental para melhor aproveitamento da tecnologia. O processo de aquisição do modelo virtual tem evoluído conforme evolui a tecnologia ao nosso alcance.

    Algumas das aplicações para a Ortodontia

    • Armazenamento: economizar espaço físico com o arquivo de modelos.
    • Guias de colagem indireta: existem algumas ferramentas disponíveis hoje que permitem um posicionamento mais preciso dos braquetes com a confecção de guias de colagem indireta, de forma ágil e acessível.
    • Simulações de tratamento: quando pensamos nos setups ortodônticos, os modelos digitais são imbatíveis, visto que as técnicas laboratoriais utilizadas nessa aplicação são rudimentares e altamente dependentes dos técnicos que as realizam. Dessa forma, o que se levava horas para fazer no laboratório, pode ser feito em alguns minutos no mundo digital.
    • Alinhadores: uma vez que as simulações de tratamento estão disponíveis, uma das suas maiores aplicações é a confecção de alinhadores. Existe mais de uma boa alternativa de software no mercado capaz de realizar essa tarefa.
    • Braquetes customizados: o desenho dos braquetes customizados é algo de grande interesse, especialmente na Ortodontia Lingual. Todos os sistemas disponíveis comercialmente utilizam os modelos digitais como base para a fabricação dos acessórios.
    • Simulações cirúrgicas: seja para a colocação de mini-implantes ortodônticos, seja para a cirurgia ortognática. Nestes casos, além dos modelos digitais, é fundamental a integração com a tomografia computadorizada, visto que o posicionamento ósseo e radicular é de fundamental importância nessa aplicação.
    • Possibilidade de sobreposição das imagens em dois tempos distintos do tratamento.

    Vantagens dos modelos digitais 3D

    • Por serem confeccionados na maioria das vezes por materiais plásticos, isso diminui o risco de quebra do modelo, algo comum com modelos feitos de gesso;
    • Precisão e rapidez na obtenção de dados para o diagnóstico, por se manterem no arquivo digital dentro do software, mesmo depois de impresso;
    • Facilidade de troca de informações à distância com outros profissionais e centros de Radiologia, através dos arquivos digitais;
    • Facilita a comunicação com o paciente;
    • Analise e testes, antes de finalizar o serviço de fresa por tecnologia CAD/CAM

    Conclusão

    Assim como a tecnologia evolui a cada dia, nós também temos que evoluir em conhecimentos, afim de aperfeiçoarmos nossos métodos de trabalho para que usufruamos complemente dessas novas tecnologias oferecidas em nossa profissão. 

    Dra Thalita Varela Galassi
    Ortodontista e Mestre em Ciências da Reabilitação
    Professora de Ortodontia
    Digital Influencer

    Deixe seu comentário