• Dicas para você abrir o seu consultório

    Dicas para você abrir o seu consultório

    Postado por: EuAmoOdonto
    Categoria: Mercado

    Escrito por Fabrício Figueiredo Mendes

    Ei você dentista que está pensando em abrir seu consultório, antes de mais nada, PARABÉNS!!!

    Não sei ao certo qual a estatística disso, mas um número significativo de odontólogos nunca tiveram seu consultório próprio. Uns por se dedicarem desde recém-formados a serviço público, outros acabam optando por trabalharem para terceiros e alguns, infelizmente, por abandonarem a profissão precocemente.

    Lembro como se fosse ontem de quando montei meu primeiro consultório, e como as coisas não saíram exatamente como o planejado, resolvi dar umas dicas aqui para que vocês não cometam os mesmos erros que eu.

    LOCAL

    Escolher bem a cidade onde você vai atuar, fazendo uma profunda pesquisa de mercado, é fundamental. Evite locais saturados. Procure locais cuja população tenha potencial consumidor. Arrisco a dizer aqui que o local onde você monta seu consultório é responsável por 50% do seu sucesso ou fracasso nessa empreitada. E o ponto amigos, é uma escolha importantíssima, tanto que dá assunto pra um post inteiro.

    PARCERIAS

    Ninguém precisa ser excelente em todas as áreas da Odontologia. Portanto, identifique seus pontos fortes e foque neles. Para os mais fracos eu tenho duas opções: estude mais e melhore, ou, caso isso momentaneamente não esteja nos seus planos, crie uma rede de parcerias com colegas que são referência nessas áreas. Dentista tem a mania besta de querer abraçar o mundo, achando que se indicar o colega vai 'tomar' seus pacientes e eles nunca mais voltarão. Se você for um bom profissional e, principalmente, montar uma rede de colegas honestos e éticos, tenha certeza que todos vão sair ganhando.

    Não se meta a fazer o que não sabe. O resultado pode ser terrível. Para o seu bolso, inclusive.

    DOCUMENTAÇÃO

    Vocês já devem saber disso, mas não custa lembrar que um consultório odontológico para funcionar precisa de uma papelada sem fim. Alvará, laudos da vigilância, dos bombeiros, do conselho (caso você utilize nome fantasia), e mais um monte, que você pode conferir nessa 'listinha' que enumeramos para você. É chato, mas é fundamental que você leve isso a sério para ter sossego. É delicioso poder esfregar a documentação em dia na cara de fiscais mal encarados que sempre vão te visitar. :)

    DIVULGAÇÃO

    A velha máxima de que a melhor propaganda é a do boca-a-boca é verdadeira sim. Na nossa área isso se dá no sentido literal da expressão. Mas pra quem está começando, como receber indicações se não temos ainda nem pacientes?!! Portanto amigos, baixem o nosso Código de Ética Odontológico e saibam como podem vender o peixe sem se tornar um infrator de leis.

    SECRETÁRIA

    No início (mas só no início) você pode até abrir mão do investimento em ter uma secretária, acumulando tarefas. Mas não acumule só na mente. Execute-as. Se não se sentir apto para tal, o jeito é contratar. Muitas vezes você só vai ter uma chance de causar a famosa 'boa primeira impressão'. E não se esqueça: um consultório não precisa apenas estar limpo, ele tem que parecer estar limpo.

    PACIÊNCIA

    Vai por mim, esse é o ponto mais complexo de todos. Não desanime sem um mínimo de esforço. A sua recepção não vai pipocar de gente da noite pro dia. Se prepare para ficar ocioso um bom tempo no início. O ideal inclusive é que você tenha alguma provisão financeira para aguentar bem esse tempo de vacas magras.

    Resumindo todas essas dicas: trabalhe honestamente, cobre um preço justo e tenho certeza que você será um profissional realizado, não só financeiramente, mas no sentido que mais importa, o pessoal. Até a próxima moçada!!!

    Deixe seu comentário