• Conscientização sobre Saúde Bucal nas Redes Sociais

    Conscientização sobre Saúde Bucal nas Redes Sociais

    Postado por: EuAmoOdonto
    Categoria: Dentista de Sucesso

    Você percebeu como o número de perfis de cirurgiões dentistas e clínicas odontológicas aumentou bastante nos últimos meses no Instagram? Você usa sua página do Facebook (Fanpage) para espalhar informações, dúvidas e curiosidades sobre saúde bucal? Você percebeu alguma mudança nos hábitos dos pacientes que chegam ao seu consultório? As ferramentas que a Internet nos proporciona são múltiplas para que possamos cada vez mais conscientizar a população da importância da saúde bucal. Cada um de nós é uma mídia independente que pode influenciar muitas pessoas.

    Tem muita gente que não liga para a saúde bucal por não ter conhecimento da sua real importância. Quando está com um buraco em um dente do fundo não procura tratamento porque “aquele dente não aparece”. Aí se precisar extrair, pensa: “Tudo bem, é apenas um dente do fundo”. Por esses e outros pensamentos que nós, dentistas, podemos utilizar mais das redes sociais para divulgar informações de qualidade sobre o tema.

    O mais interessante disso tudo é que essa divulgação, além de atingir muita gente, pode servir como uma estratégia de marketing digital para sua clínica ou consultório. O marketing de conteúdo vem sendo adotado muito positivamente na Internet. Segundo a Wikipédia, “Qualquer forma de marketing que envolva a criação e compartilhamento de conteúdo para adquirir e educar clientes... Não é focado exclusivamente em vendas, mas sim em comunicação da marca diretamente com clientes e potenciais clientes. O conceito se baseia em gerar fidelização dos clientes ao entregar informações valiosas, de maneira consistente... sem intenção comercial direta, e sim educacional.” No caso, nossa “marca” pode ser considerada a busca pela melhor saúde bucal possível.

    Você pode utilizar uma lista de e-mails de pacientes, lista de telefones para enviar mensagens via whatsapp, o perfil pessoal ou a fanpage Facebook, o Instagram com imagens e vídeos por meio de seu feed ou store, o Twitter ou ainda o youtube por meio de vídeos que ficam em seu canal. Cada rede social tem um formato. Qual ou quais utilizar? Isso depende de você. Hoje, quando um paciente falta, você pode utilizar esse tempinho para pegar seu celular e gravar um vídeo curto com informações valiosas sobre saúde bucal e postar nas suas redes sociais ou enviar direto para seus pacientes, por exemplo.

    Na contra mão de tudo isso, enfrentamos um grande problema na internet: as informações equivocadas e os mitos que se espalham mais rápido do que informações verdadeiras. Subcelebridades, bloguers de moda e famosinhos desavisados têm uma mania besta de querer dar dicas sobre tudo, inclusive saúde bucal. Essas dicas na maioria dos casos são achismos, simpatias de vovós ou meios “naturebas” para limpar os dentes, remover tártaro, clarear os dentes ou driblar a ida ao dentista. Sem contar o montante de notícias falsas, a mídia leiga que às vezes não toma o devido cuidado quando vai abordar assuntos relacionados à saúde e alguns produtos de higiene bucal que acabam prometendo resultados que não podem cumprir.

    Como Cirurgiões Dentistas somos os mais capacitados para falar sobre saúde bucal, prevenção e espalhar aos quatro ventos boas práticas em saúde deve fazer parte do nosso dia a dia na clínica e na Internet.

    O poder da informação de qualidade está em nossas mãos. Interessante perceber que isso não serve só para a saúde bucal. Portanto, sigam os itens descritos abaixo para conseguirmos diminuir a quantidade de informação ruim circulante nas redes sociais:

    - Preste atenção na fonte da notícia e se possível busque o site original antes de compartilhar.

    - Blogs de Odontologia são uma fonte confiável de notícias e assuntos relacionados à saúde bucal.

    - Cuidado com manchetes muito sensacionalistas como “Pesquisas revelam que substância japonesa vai substituir o temido motorzinho do dentista”; “Método natural promete clarear os dentes sem custo”. Muitas pautas da mídia são baseadas em resultados de uma só pesquisa científica e os dados nem sempre são descritos com fidelidade.

    - Desconfie de soluções simples e mirabolantes para problemas complexos.

    - Existem dois sites muito interessantes especializados em desmascarar notícias falsas: E-farsas e Boatos.org.

    - Não tome notícias de sites de humor como verdade.

    - Antes de compartilhar, leia além da manchete e veja a data da reportagem. Muita notícia antiga reaparece por aí e acaba viralizando mais de uma vez.

    - Suspeite de campanhas que prometem reverter curtidas em dinheiro.

    Agora que somos mídia, temos responsabilidades com nossos amigos, seguidores e pacientes. Preste maior atenção nas postagens que você compartilha. A base da saúde bucal e da prevenção deve ser sempre compartilhada, com informações sobre higiene bucal, hábitos saudáveis, as relações entre saúde bucal e saúde geral para nossos pacientes virem aos nossos consultórios para controle e manutenção, tirando um pouco este hábito de uma grande parte dos brasileiros de ir ao dentista apenas quando está sentindo dor. 

    Um Abraço,

    Cirurgião dentista, formado pela Universidade Paulista, UNIP, em 2011, Especialização na área de Periodontia e em Implantodontia, assumiu em 2016 a Coodernação da comissão de Mídias Sociais e Odontologia do CROSP, é palestrante na área de Mídias Sociais e Saúde Bucal. 

    Deixe seu comentário