• Clareamento dental caseiro – Uma abordagem simplificada

    Clareamento dental caseiro – Uma abordagem simplificada

    Postado por: EuAmoOdonto
    Categoria: Mercado

    AUTOR
    Marcelo Figueiredo Magalhães  
    Graduado em Odontologia – UNIFOR
    graduação em Reabilitações Estéticas – ICEO
    Especialização em Prótese Dentária – São Leopoldo Mandic/Ce
    Mestrado em Clínica Odontológica Integrada – São Leopoldo Mandic/SP
    Coordenador do curso de Imersão em Estética – CEOPP/Ce
    Professor da Especialização de Ortodontia – CEOPP/Ce

    Paciente do gênero masculino, 24 anos de idade.

    RELATO DO CASO

    A QUEIXA: dentes amarelados.

    O EXAME CLÍNICO/RADIOGRÁFICO: paciente com boa saúde bucal, sem necessidade de intervenção prévia ao clareamento. Percebem-se manchas em esmalte, estriadas e esbranquiçadas, em pré-molares principalmente nos dentes 24 e 25 (face vestibular).

    O TRATAMENTO: Devido ao grau de saturação da cor dos dentes, estimou-se que o clareamento dos dentes levaria a uma atenuação das manchas. Fez-se três semanas de clareamento caseiro supervisionado, com gel de peróxido de carbamida a 16%.

    MATERIAIS UTILIZADOS

    Clareador de uso caseiro supervisionado (peróxido de carbamida) – Whiteness Perfect 16%

    Placas para moldeiras – Whiteness Placas 1mm

    “De modo confortável, rápido e seguro, foi possível clarear os dentes do paciente e atenuar as manchas superficiais em esmalte, já que se conseguiu menor contraste entre dente e manchas”.

    • Aspecto inicial, dentes de coloração similar a A3.

      Aspecto inicial, dentes de coloração similar a A3.

    • Os caninos possuem maior espessura de dentina e esmalte se comparados aos incisivos, por isso normalmente são mais saturados em cor. Neste caso, similares à coloração A4.

      Os caninos possuem maior espessura de dentina e esmalte se comparados aos incisivos, por isso normalmente são mais saturados em cor. Neste caso, similares à coloração A4.

    • É importante informar ao paciente a metodologia de utilização do gel. Evitar excessos de gel e utilizá-lo no tempo indicado são fatores que predispõem ao sucesso do tratamento.

      É importante informar ao paciente a metodologia de utilização do gel. Evitar excessos de gel e utilizá-lo no tempo indicado são fatores que predispõem ao sucesso do tratamento.

    • Comparação com a escala de cores selecionada antes do clareamento.

      Comparação com a escala de cores selecionada antes do clareamento.

    • Resultado após o clareamento.

      Resultado após o clareamento.

    Aspecto inicial, dentes de coloração similar a A3.
    Os caninos possuem maior espessura de dentina e esmalte se comparados aos incisivos, por isso normalmente são mais saturados em cor. Neste caso, similares à coloração A4.
    É importante informar ao paciente a metodologia de utilização do gel. Evitar excessos de gel e utilizá-lo no tempo indicado são fatores que predispõem ao sucesso do tratamento.
    Comparação com a escala de cores selecionada antes do clareamento.
    Resultado após o clareamento.

    Deixe seu comentário