• Restabelecendo o sorriso com a utilização de restaurações diretas de resinas compostas

    Restabelecendo o sorriso com a utilização de restaurações diretas de resinas compostas

    Postado por: EuAmoOdonto
    Categoria: Saúde/Bem-estar

    Por Jefferson Ken Morioka*

    Paciente do sexo masculino com 24 anos de idade, apresentava lesões cariosas crônicas muito extensas e com grande destruição coronária. Alguns elementos já estavam comprometidos no ângulo incisal, o incisivo central superior direito praticamente destruído em metade de sua coroa. Na anamnese realizada, o paciente relatou que trabalhava como cortador de cana no interior de São Paulo. Informou que foi consultar vários profissionais e todos recomendaram a exodontia destes elementos. Durante o exame clínico inicial foi constatado lesões cariosas apenas nos dentes anteriores superior e inferior. Os dentes posteriores apresentavam apenas manchas brancas na face vestibular, sinal de descalcificação do esmalte (Fig. 1). Devido a condição sócio-econômica do paciente, indicamos a restauração destes elementos com resina composta.

    No elemento 11, incisivo central superior direito, foi observado a exposição do conduto radicular provocada pela lesão cariosa. Através da obtenção de uma radiografia periapical foi constado, no incisivo central superior direito (11), uma lesão periapical difusa, que diagnosticamos como um abscesso crônico, pois não havia sintomatologia dolorosa (Fig. 2). Nos elementos 12, 21 e 22, foi realizado teste de vitalidade pulpar. Através deste teste foi observado que estes dentes ainda apresentavam vitalidade pulpar.

    Figuras 1 e 2

    Figuras 1 e 2

    Devido a quantidade de lesões cariosas, optou-se por uma readequação do meio bucal removendo as lesões cariosas e realizando restaurações provisórias utilizando cimento de ionômero de vidro Bioglass R- Biodinâmica. Aguardando um período de uma semana para depois restaurar estes elementos.

    Após a anestesia foi realizado o isolamento absoluto dos elementos (Fig. 3). Em seguida, remoção das lesões cariosas tomando muito cuidado para não provocar uma exposição pulpar. Sempre utilizando brocas esféricas em baixa rotação para a remoção do tecido cariado (Fig. 4, 5, 6 e 7).

    Figuras 3 e 4

    Figuras 3 e 4

    Figuras 5 e 6

    Figuras 5 e 6

    Removidas as lesões cariosas, realizou-se uma restauração provisória com cimento de ionômero de vidro.

    Figura 7

    Figura 7

    Após uma semana, foi removido parcialmente o cimento de ionômero de vidro Bioglass R – Biodinâmica. Deixando parte deste cimento para servir de parede de fundo. Em seguida, preparou-se as paredes de esmalte fazendo bisel no ângulo cavo-superficial (Fig.8). Em seguida o condicionamento das paredes de esmalte utilizando ácido fosfórico 37% durante 30 segundos, depois lavou-se abundantemente com água (Fig 9). Com uma haste do Master Brush Biodinâmica aplicamos o adesivo Master Bond DE-Biodinâmica na cavidade (Fig.10). Com a utilização de matriz de poliéster, foi reconstruída a parede palatina (Fig. 11), finalizando a restauração utilizando a técnica incremental (Fig.12) - Resina Master Fill – Biodinâmica. E da mesma maneira nos outros elementos (Fig.13).

    Figuras 8 e 9

    Figuras 8 e 9

    Figuras 10 e 11

    Figuras 10 e 11

    Figuras 12 e 13

    Figuras 12 e 13

    Figuras 14 e 15

    Figuras 14 e 15

    Após 4 dias preparou-se o conduto para instalação de um pino metálico a fim de melhorar a sustentação da restauração de resina composta. O pino utilizado é de aço inoxidável, para preparar o conduto utilizou-se brocas de Gates e cimentou-se o pino com cimento de fosfato de zinco (Fig.15, 16, 17 e 18).

    Figuras 16 e 17

    Figuras 16 e 17

    Figura 18

    Figura 18

    Instalado o pino de aço iniciou-se o procedimento com o condicionamento ácido de toda superfície dental com ácido fosfórico a 37% por 30 segundos com o Attaque Gel – Biodinâmica, e foi removido com água abundantemente. Depois da aplicação do adesivo Master Bond DE recobriu-se o pino metálico com Biocal Biodinâmica com a função de opacificador. (Fig.19 e 20).

    Figuras 19 e 20

    Figuras 19 e 20

    Terminada a aplicação do Biocal; com a utilização de matriz de poliéster, foi reconstruída a parede palatina. Depois de terminada a reconstrução do dente utilizando a técnica incremental (Fig.21 e 22) - Resina Master Fill – Biodinâmica . Nesta sessão procedemos apenas o ajuste oclusal do elemento e acabamento da restauração. O acabamento e polimento final o paciente foi agendado para próxima semana.

    Figuras 21 e 22

    Figuras 21 e 22

    Após uma semana o paciente compareceu para o acabamento e polimento final (Fig.23). Foi utilizado discos de lixa abrasiva – Oraltech, pasta de polimento Diamantada – Oraltech e discos de Feltro (Micerium). E por final utilizou-se um selante de superfície Bioforty Biodinâmica. (Fig.24 e 25)

    Figura 23

    Figura 23

    Figuras 24 e 25

    Figuras 24 e 25

    Após o término das restaurações com o acabamento e polimento prontos, era nítida a satisfação do paciente. A grande satisfação do cliente revela o sucesso deste tratamento complexo. Tendo em vista o baixo poder aquisitivo do paciente, avaliamos o resultado como excelente, pois em uma primeira avaliação, o procedimento menos complicado seria a extração de todos os elementos e colocarmos uma prótese removível, visto que o paciente não tem uma condição financeira que justifique a realização de facetas estéticas e coroas em cerâmica. Esta última opção teria um prognóstico excelente, mas com um custo altíssimo. Todos nós, profissionais, devemos sempre avaliar os casos com muito respeito ao paciente. A nossa sociedade apresenta uma exigência muito alta quanto à estética de nossos dentes. A situação em que se encontrava os dentes do paciente fez com que ele não conseguisse mais conviver com seus familiares, com seus amigos e principalmente no seu trabalho. Hoje, conseguimos devolver a este paciente a sua autoestima e a confiança para poder apenas conversar com alguém, que foi uma das coisas que ele relatou que lhe causava um enorme desconforto. Assim, com um trabalho de restauração dental utilizando materiais do dia a dia de nossos consultórios, devolvemos este paciente ao convívio da nossa sociedade.


    Dr. Jefferson Ken Morioka

    *Mestre em Dentística Restauradora – FOB/USP

    Tags

    ,

    Deixe seu comentário