• A importância do consultório do dentista ser agradável para a criançada

     A importância do consultório do dentista ser agradável para a criançada

    Postado por: EuAmoOdonto
    Categoria: Cantinho da Criança

    por Marjorie Lanzarin*

    A Odontopediatria é uma especialidade linda, infelizmente pouco reconhecida por alguns pais. Creio que tive ótimos exemplos na vida para hoje gostar e respeitar tanto esta especialidade. Minha primeira dentista, “Tia” Odila Detoni, me tratou muito bem quando eu tinha 2 anos e uma boca repleta de cáries. Ela me ensinou a escovar os dentes, para que eu crescesse e nunca mais tivesse restauração que não fosse no meu primeiro molar. Outro exemplo que tive foi a Dra. Iara Odila Noceti Amon, de Florianópolis, que me permitiu trabalhar em seu consultório logo depois de formada. Odontopediatra com mais de 50 anos de profissão, ela ainda hoje atende a terceira geração dos seus pacientes. Não optei pela Odontopediatra, mas tenho muitos pacientes crianças e acho que possuo o dom para bem atendê-las.

    Para atender crianças, antes de tudo é necessário ter muita paciência, e explicar isso aos pais. É diferente atender um adulto que chega ao consultório com um dente quebrado, que é restaurado na hora, e atender uma criança que caiu na escola, quebrou o dente e está sangrando. Tanto o pequeno quanto os pais estarão nervosos, e será necessário antes de restaurar qualquer dente ganhar a confiança do paciente, colocar em ação toda uma psicologia. Ter um espaço agradável para isso torna a situação um pouco menos desagradável.

    Normalmente atendo crianças mais receosas. Na primeira vez, não uso máscara e gorro, levo apenas uma conversa informal, mostro os equipamentos - como espelhinho, água, arzinho, sugador... Também uso jaleco colorido. Nas consultas seguintes, começo a me paramentar e explico por que isso é necessário, assim a criança entende sem ficar com medo. Na recepção, além de revistas, deixo vários gibis. Depois do atendimento, dou um brinde para a criança que se comporta bem: pode ser um balão de luva, o sugador ou um brinquedinho.

    O brinde ajuda a criança a cooperar, e a linguagem utilizada no atendimento também. Aqueles bonecos com dentes são úteis para instrução de higiene bucal e o evidenciador de placa em comprimidos mastigáveis estimula a criança a continuar se cuidando em casa. Durante um atendimento que requer anestesia, luva para carpule disfarça a picada da agulha numa mordida de jacaré para fazer o dente dormir.

    Com esses cuidados no atendimento a crianças, nos tornamos profissionais diferenciados no mercado, além de termos o prazer de acompanhar o crescimento e a evolução dos nossos pacientes. O boca a boca sempre foi a melhor maneira de atrair novos pacientes ao nosso consultório, principalmente quando se trata do bem-estar das crianças.


    *Cirurgiã-dentista, é especialista em Saúde Pública com ênfase no atendimento de gestantes, bebês e crianças, especializanda em Ortodontia e uma das editoras do blog OdontoDivas.com

    Deixe seu comentário